Conheces este fruto “milagroso”? É o Amla! O fruto da juventude que ninguém fala!


Conhece este fruto fantástico? Pois, certamente não! Mas fica a conhecer os seus “milagrosos” benefícios para a nossa saúde. Certamente vão deixá-lo impressionado.

As propriedades benéficas da amla são tão importantes como mal compreendidas, por isso vale bem a pena descobrir mais detalhadamente este fruto, que é considerado pelos próprios estudiosos como um elixir de vida, graças ao teor de vitamina que o caracteriza.

A amla vem da Emblica Officinalis, uma planta que é usada com muita freqüência no campo da medicina ayurvédica, por causa de sua capacidade de rejuvenescer o organismo, e, em particular, para combater o envelhecimento da pele.

amla

O crédito deve ser dado aos seus antioxidantes: de fato, com o mesmo peso, na amla a vitamina C está presente numa proporção maior 20 vezes do que na laranja. Precisamente por esta razão, o produto está entre as plantas que têm o maior poder antioxidante, com uma Orac (sigla para Oxygen Radical Absorbance Capacity) de 1770 unidades cada 100 gramas. Bem, se você contar que, para combater os radicais livres todos os dias um adulto precisa de cerca de 2.000 unidades de antioxidantes, é evidente a qualidade da amla.

Uma fruta que, além disso, é um excelente anti-diabético, uma vez que é capaz de inibir uma enzima particular, o aldose redutase, que está diretamente envolvido na progressão da doença e todas as complicações que as caracterizam, como as cataratas.

Merece ser mencionado, além disso, também a sua ação de controlo no que diz respeito a glicose no sangue: o consumo de Amla, em essência, permite de facilitar a produção de insulina pelo pâncreas.

De modo que possa assegurar os melhores resultados, no entanto, os frutos devem ser comidos todos os dias, durante maior tempo possível: ainda melhor se for combinado com Curcuma longa, ou seja, a raiz de cúrcuma.

Não pode ser subestimada a atividade anti-microbiana, a qual está associada com aquela anti-fúngica, anti-bacteriana e antiviral. Também por esta razão, é preferível tomar a amla, durante o Inverno, especialmente com o mel, a fim de evitar as doenças causadas pelo frio.

A actividade anti-inflamatória do fruto é usada em medicamentos orientais, enquanto os cientistas descobriram que um extracto de álcool deste produto exerce uma acção importante sobre a transcriptase reversa do vírus HIV.

A amla em pó, mais especificamente, é considerada um remédio ayurvédico muito útil, que é usado principalmente na Índia, mas ultimamente tem sido descoberto no Ocidente. Pode aplicar este pó diretamente sobre a pele: usando-a em ciclos de cinco dias ou sete dias você vai notar uma melhoria na pele do pescoço e do rosto. Mas ela poderia ser usada também para a beleza e cuidado de cabelo.

Hoje em dia, na verdade, a amla é apreciada pelos especialistas pela sua capacidade de reforçar as defesas naturais do corpo humano, mas também pela sua ação respeito à regeneração de células.

A fruta, assim como vitamina C, contém uma grande quantidade de polifenóis, mas especialmente saponinas. Há muitos problemas de saúde que podem ser prevenidos ou curados graças a amla: por exemplo, doenças do coração, mas também de colesterol e pressão arterial elevada.

Não só este ingrediente combate os vírus e as bactérias, para não mencionar os fungos, e pode aumentar a produção de interferon e a secreção de corticosteróides.

O produto, enfim, é considerado uma otima ajuda e muito apropriada para todos aqueles que têm a ver com doenças do baço e as doenças do fígado, bem como para aqueles que sofrem de doenças crónicas dos pulmões.

E há mais: os benefícios decorrentes do consumo de amla também são vistos entre aqueles que têm de lidar com osteoartrite, com gastrite, reumatismo e anemia, para não mencionar a artrite.

Vale a pena, então, experimentar este produto, e poderá assim melhorar o seu bem-estar e a sua saúde.

Segue a nossa página de facebook:


Artigos Relacionados

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.